Micro geração distribuída como funciona?

Microgeração e Minigeração Distribuída

Geração Distribuída: O que é?

É o processo que possibilita aos clientes, previamente cadastrados, acessar o sistema de distribuição de energia para gerar energia sua própria energia elétrica.

Esta energia é cedida por meio de empréstimo gratuito à concessionária de energia, e posteriormente compensada com o consumo de energia elétrica ativa dessa mesma unidade consumidora. Quando houver saldo dessa energia, esta poderá ser compensada em outros fornecimentos à critério do cliente, desde que seja o mesmo titular da fatura de energia (mesmo CPF/CNPJ).

Base Legal
Resolução da ANEEL nº 482 de 17 de abril de 2012: Estabelece as condições gerais para o acesso de Microgeração e Minigeração distribuída aos sistemas de distribuição de energia elétrica, bem como, o sistema de compensação de energia elétrica.

Classificações da Geração Distribuída

Microgeração: Central geradora de energia elétrica, com potência instalada menor ou igual a 100 kW.

Minigeração: Central geradora de energia elétrica, com potência instalada superior a 100 kW e menor ou igual a 1MW.

Quem pode solicitar?

Clientes com fornecimentos atendidos em baixa tensão (monofásicos, bifásicos e trifásicos) e clientes do grupo A (média tensão).

A partir de quando pode solicitar?

A partir do dia 19 de dezembro de 2012.

Quais as fontes de energia que podem ser utilizadas?

Energia Hidráulica
Energia Solar
Energia Eólica
Biomassa 
Cogeração qualificada (neste caso deve estar regularizado perante à ANEEL, conforme regulamento específico).

Sistema de Compensação

A energia elétrica gerada pelo cliente será cedida à concessionária elétrica, por meio de empréstimo gratuito, e posteriormente será compensada com o consumo de energia elétrica ativa da mesma unidade consumidora.

Caso a energia gerada seja superior à energia utilizada na unidade consumidora, esse montante poderá ser compensado em outras unidades previamente cadastradas para este fim, desde que sejam do mesmo titular (mesmo CPF ou CNPJ). Se ainda assim houver saldo de energia o excedente poderá ser utilizado em meses subseqüentes, até o prazo máximo de 36 meses, não fazendo jus ao cliente qualquer forma de compensação após o seu vencimento.

O consumidor poderá definir a ordem de prioridade das unidades consumidoras participantes do sistema de compensação.

Medição de Energia Elétrica

Os custos de adequação da medição para implantar o sistema de compensação são de responsabilidade do interessado, e os equipamentos necessários serão especificados pela concessionária elétrica.

Solicite um orçamento.

Clique aqui.

voltar para Notícias

center|center tsN c05|center tsY bsd sbww c10 b02|sbww c15 b01 bsd||image-wrap|news login c05|b01 c05 normalcase bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05 tsN normalcase|c05 normalcase|content-inner||